Resenha do Scream na Revista Roadie Crew

Scream por Tony Monteiro
10/07/2010

 

OZZY OSBOURNE
Scream
Epic – Imp.
Cercado de uma interessante campanha publicitária e de muita expectativa pela estreia do novo guitarrista, Ozzy Osbourne volta às manchetes graças ao lançamento de Scream. E, de cara, o Madman merece aplausos pela escolha do substituto de Zakk Wylde. O antigo guitarrista se afundou na explosiva mistura bebida + problemas pessoais e musicalmente passou a se repetir disco após disco, e Ozzy mostrou grande coragem ao deixar de lado uma fila de guitarristas mais conhecidos e mais experientes para escolher o grego Kostas Karamitroudis, que resolveu fazer um imenso favor a imprensa e fãs ao se rebatizar como Gus G. Gus já mostrava um trabalho de extrema competência em sua banda Firewind, além de sempre adotar uma postura profissional e madura. Não é à toa que, depois do vocalista, é ele quem mais brilha no disco. E seu mérito vai além da capacidade técnica, já que nota-se com facilidade que Gus imprimiu seu estilo próprio à música de Ozzy sem, no entanto, descaracterizá-la. E talvez justamente por contar com um guitarrista vindo de uma banda de Heavy Metal é que Ozzy acabou forjando um dos discos mais pesados de sua carreira – temas como Soul Sucker e Diggin' Me Down deixam isso bem evidente. Mesmo temas mais lentos que aparecem aqui e ali, como Crucify, têm uma densidade típica do Heavy – além de muita técnica envolvida. A produção, a cargo de Ozzy e de Kevin Churko, também vem com a competência que era de se esperar. No fim das contas, o maior mérito de Ozzy nesse álbum foi ousar – e dar uma lição aos acomodados de plantão. 9,0
Antonio Carlos Monteiro





 

Fonte: Revista Roadie Crew
Postado por: Fabiano

 

Cientistas querem saber por que Ozzy Osbourne ainda está vivo

 

 

saiba mais
Confira resenha faixa por faixa do novo álbum

 

 

saiba mais
Parceiros:

Warning: Unknown: 1 result set(s) not freed. Use mysql_free_result to free result sets which were requested using mysql_query() in Unknown on line 0