Ozzy concede entrevista ao Portal Ozzy Brasil

Madman revela que quer continuar fazendo música e diz que mal pode esperar para ver o público brasileiro, a partir do final de março
01/03/2011

 


Ozzy desembarca no Brasil no final de março



 



Luís Fernando Zeferino e Fabiano Negri, do Ozzy Brasil



Prestes a realizar uma sequência de 5 shows pelo Brasil, Ozzy Osbourne concedeu uma entrevista no dia 28 de fevereiro para o site tributo Ozzy Brasil (www.ozzybrasil.com).



Aos 62 anos de idade, o Madman revela que ainda quer continuar fazendo música, diz estar contente com sua nova banda, formada por Adam Wakeman, nos teclados, Rob "Blasko" Nicholson, no baixo, Tommy Clufetos, na bateria, e Gus G., na guitarra.



Esta é sua quarta passagem pelo Brasil. Ele já esteve no Rock In Rio, em 1985, no Philips Monsters of Rock, de 1995 e também em 2008, em turnê de seu penúltimo disco, "Black Rain".



No ano passado, começou uma gigantesca turnê mundial para promover seu mais novo disco, "Scream", que passa novamente pelo Brasil.



 



Ozzybrasil.com - Vamos imaginar que o Black Sabbath não existisse. Assim, em que outra banda que teria sido cantor e por quê?



Ozzy Osbourne - Eu não sei tocar nenhum instrumento musical, exceto a gaita. Só posso dizer que teria sido cantor em alguma banda qualquer. Isso é o que eu faço.



Ozzybrasil.com - Para você, o que significa ser um bom cantor? Muitas pessoas pensam primeiro na técnica. Qual é o seu cantor favorito, e qual a influência que você teve para ter um estilo tão diferente?



Ozzy Osbourne - Há alguns cantores que tem uma ótima técnica e também existem aqueles que têm uma certa qualidade ou estilo em sua voz. Alguns cantores que têm as duas qualidades, como Freddie Mercury. Mas para mim, prefiro mais o estilo do que a técnica.



Ozzybrasil.com - Como tem sido a receptividade do álbum Scream (que é muito bom por sinal)? Como você vê a diferença entre o mercado de música atual e os anos 80 e 90, onde artistas de Hard Rock e Heavy Metal vendiam mais discos? O que você busca para manter sua relevância na era dos downloads de música?



Ozzy Osbourne - Obrigado. Estou muito orgulhoso de "Scream", e de minha incrível banda nova. Pra falar a verdade, eu não estou pensando em me tornar relevante quando estou escrevendo novas músicas ou gravando. Eu estou apenas tentando fazer algo que eu gosto e sinto-me orgulhoso disso.



Sim, o download gratuito de música está prejudicando a indústria da música. Eu, principalmente, sinto pena de qualquer banda nova, tentando ganhar a vida. Tem sido difícil. 



Ozzybrasil.com - Você tem 62 anos. Como é estar na estrada com essa idade? De onde você tira essa vitalidade de sempre, levando o público à loucura?



Ozzy Osbourne - Eu estou nessa há mais de 40 anos, mas eu nunca me descuidei de meus fãs. Eu considero um privilégio tocar para eles e se eles vão pagar o seu dinheiro suado para vir para os meus shows, então eu sempre vou dar-lhes tudo o que eu tenho.



Ozzybrasil.com - Você é um ícone, considerado uma lenda do rock, vendeu milhões de discos em todo o mundo e muitos músicos sonham chegar onde de chegar você chegou. Eu lhe pergunto: existe ainda um sonho que Ozzy Osbourne quer realizar?



Ozzy Osbourne - Nada em especial. Eu apenas quero continuar fazendo uma boa música para as pessoas que ainda estão interessadas em ouvir.



Ozzybrasil.com - No seu livro “Eu Sou Ozzy” é narrado belas passagens de sua vida, algumas tristes, outras engraçadas. Se você pudesse voltar no tempo, mudaria algo ou faria algo diferente?



Ozzy Osbourne - Claro, existem algumas coisas que eu lamento, mas eu não voltaria atrás para mudar nada. Minha vida tem sido uma jornada incrível.



Ozzybrasil.com - Nós sabemos que o Black Sabbath nasceu da amizade de quatro rapazes que se conheceram na escola, com uma vida difícil e que buscaram na música uma forma de retratar a vida cotidiana e da sociedade em que viviam, sem intenção de atingir o sucesso que é hoje. Muito diferente das bandas atuais que nascem pensando êxito e sucesso. Como você analisa essas mudanças ao longo das décadas?



Ozzy Osbourne - Eu não posso imaginar perseguir uma fórmula musical como uma forma de alcançar o sucesso. Isso nunca entrou em nossas mentes durante os meus anos com o Sabbath ou mesmo depois em minha carreira solo.



Ozzybrasil.com - Quais são suas principais memórias das três vezes que ele esteve no Brasil? E o que você espera para os próximos cinco concertos em 2011?



Ozzy Osbourne - Me lembro que o público no Brasil tem sido sempre surpreendente. Estou pensando em dar-lhes os melhores shows possíveis. Mal posso esperar para que eles vejam minha nova banda. Eles vão amar o Gus G.



Ozzybrasil.com - Você tem alguma mensagem para todos seus fãs no Brasil que te amam?



Ozzy Osbourne - Eu mal posso esperar para ver todos vocês. Deus os abençoe!


 

Fonte: Ozzy Brasil
Postado por: Fernando

 

Edições deluxe do Album Scream

 

Ozzy Osbourne anunciou que irá lançar duas edições Deluxe de seu mais novo álbum "Scream" no próximo dia 05 de Outubro.

 

saiba mais
Apresentação no iTunes Festival pode virar disco ao vivo

 

 

saiba mais
Parceiros:

Warning: Unknown: 1 result set(s) not freed. Use mysql_free_result to free result sets which were requested using mysql_query() in Unknown on line 0